O JEJUM A LUZ DA BÍBLIA ! Texto base: Mateus: 6:16-18 

"Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. Tu, porém, quando jejuares, unge a cabeça e lava o rosto, com o fim de não parecer aos homens que jejuas, e sim ao teu Pai, em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

I - O QUE É JEJUM?

1.1 – Definição.

Jejum é a abstinência, total ou parcial, de alimentos ou bebidas por algumas horas ou dias, por penitência ou prescrição religiosa ou médica. Quando diz abster-se é o mesmo que conter-se, refrear-se, privar-se de alimentos como; cereais, legumes, verduras, açúcar, carne, óleo, etc.). 

1.2 – Conceito Bíblico Teológico.


Em geral, na Bíblia, jejum significa passar algum tempo sem ingerir alimentos. É uma abstenção voluntária e deliberada de alimentos, com o objetivo de buscar a Deus em oração. No hebraico a palavra que se traduz por jejum é  {wØoc , a transliteração é (tsom). No grego a palavra usada no Novo Testamento é  nhstei¿a translitera-se (nesteía).

1.3 - O propósito do jejum.


É atrair a atenção de Deus, não a das pessoas. Como disciplina espiritual, o jejum pode ajudar-nos a convergir a atenção para Deus, mortificando a carne e aumentando a nossa capacidade de nos concentrar mentalmente em Deus e aguçando a nossa sensibilidade para com as coisas do Espírito. Os crentes em Jesus, que com freqüência tem praticado o jejum, confirmam o seu valor na promoção do progresso espiritual e na resolução de problemas difíceis. O jejum tem sido um sinal comum de lamentação e de luto. No sermão do monte, o Senhor Jesus ensinou aos seus discípulos como o jejum deve ser observado. E nesse ensinamento ele inclui também instruções sobre a finalidade do jejum. Nunca deveria ser feito para impressionar os outros.

II - O JEJUM NO ANTIGO TESTAMENTO

2.1 - Buscando a Deus - Moisés jejuou quando estava no monte Sinai (Ex 34.28). 

2.2 - Jejum Nacional  - Toda a nação israelita jejuava no Dia da Expiação (Lv 23.27ª).

2.3 - Desejando uma Benção - Ana jejuou quando queria ter um filho, e o pediu a Deus (1 Sm 1.12; 12.22). 

2.4 - Consagração – O voto do nazireado envolvia a abstinência de determinados tipos de alimentos (Nm.6:3,4);

2.5 - Arrependimento de Pecados – Samuel e o povo jejuando em Mispa, como sinal de arrependimento de seus pecados (I Sm.7:6, Ne.9:11);

2.6 - Luto – Davi jejua em expressão de dor pela morte de Saul e Jônatas, e depois pela morte de Abner. (II Sm.1:12 e 3:35);

2.7 - Aflições – Ester pediu ao seu povo que jejuasse (Et 4.16); o Rei Josafá também convocou um jejum (2 Cr 20.3) Davi jejua em favor da criança que nascera de Bate-Seba, que estava doente, à morte (II Sm.12:16-23); Josafá apregoou um jejum em todo Judá quando estava sob o risco de ser vencido pelos moabitas e amonitas (II Cr.20:3);

2.8 - Buscando Proteção – Esdras proclamou jejum junto ao rio Ava, pedindo a proteção e benção de Deus sobre sua viagem (Ed.8:21-23); Ester pede que seu povo jejue por ela, para proteção no seu encontro com o rei (Et. 4:16);

2.9 - Enfrentando Enfermidades – Davi jejuava e orava por outros que estavam enfermos (Sl.35:13);

2.10 - Intercessão – Daniel orando por Jerusalém e seu povo (Dn.9:3, 10:2,3)

III - O JEJUM NO NOVO TESTAMENTO

3.1 - Preparando-se para o Ministério - Jesus só começou seu ministério depois de ter sido cheio do Espírito Santo e se preparado em jejum (prolongado) no deserto (Lc.4:1,2); (Mt 4.2). Jesus mencionou que determinadas castas só sairão por meio de oração e jejum, que trazem um maior revestimento de autoridade (Mt.17:21); 

3.2 - Dedicando-se a Deus - Ana servia ao Senhor no templo, com jejuns (Lc 2.37). João Batista ensinou seus discípulos a jejuarem com freqüência (Mc 2.18; Lc 5.33). E houve quem criticasse os discípulos de Jesus por não jejuarem com freqüência (Mt 9.14,15; Mc 2.18,19; Lc 5.33-35). 

3.3 - Servindo ao Senhor e Enviando Missionários - Paulo jejuou nos dias que se seguiram à sua conversão na estrada de Damasco (At 9.9). Cornélio jejuou, antes de ter aquela visão em Cesaréia (At 10.30). A igreja de Antioquia jejuou antes de comissionar a Paulo e Barnabé para a primeira viagem missionária (At 13.3). 

3.4 - Estabelecendo Obreiros – Além de impor as mãos com jejum sobre os enviados, o faziam também sobre os que recebiam autoridade de governo na igreja local (At.14:23). Mais tarde, durante a viagem de Paulo para Roma, ele e outras pessoas que estavam naquele navio jejuaram quatorze dias (At 27.33 II Co.6:3-5; 11:23-27). Por toda a história, homens e mulheres buscaram a Deus jejuando, ex: Lutero, Calvino, John Knox, Charles Finney...Tem biblicidade conclamar uma congregação para jejuar.. e Esdras também fez o mesmo (Ed 8,21). Na bíblia, o jejum se acha muito associado à oração (Sl 35.13; Mt 6.5-18; 1Co 7.5).

Assine News

Inscreva-se para receber POR E-MAIL diariamente nossa palavra.
Nome
E-mail
Confirme E-mail


  1. O número DEVERÁ estar cadastrado no WhatsApp.
  2. Nome Completo(*)
    Entrada Inválida
  3. DDD + Telefone(*)
    Entrada Inválida
  4. Email(*)
    Entrada Inválida

Artigos

Doe Agora

eBook - Livros!

   

Visitantes Online

Temos 134 visitantes e Nenhum membro online

Deus se importa

Se você precisa de uma palavra abençoadora para o seu coração, então clique AQUI.

Recursos

banner-monte-sinal