Índice de Artigos

"N"

NOME E SIGNIFICADO

Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 10 a 15 minutos.
Material: Livro com o significado dos nomes.
Descrição: Pesquise os nomes de todas as pessoas do seu grupo, e os significados.
Prepare fichas, na forma de quebra-cabeça, uma parte é o nome, a outra é o significado.
Distribua duas partes para cada pessoa: pode ser dela mesma, ou outro nome, e sempre com o significado desencontrado.
Diga aos participantes que andem pela sala, procurando encontrar pares corretos de nome e significado, montando cada quebra-cabeça numa mesa ou no chão, a medida que encontram os pares; até que todos os nomes tenham sido montados.
Cada um deve então pegar o seu próprio nome com o significado correto e depois, um a um lê em voz alta o seu nome e o significado para os demais.
Você pode então promover uma conversa com os participantes:
Quem se surpreendeu com o significado do seu nome? Porque?
Quem passou a gostar mais do seu nome depois de saber o que significa?
Por que nosso nome é importante para nós?
Será que Deus sabe o nosso nome?
O que quer dizer o texto de Isaías "Chamei-te pelo teu nome, tu és meu!" e o que isso tem de importante na nossa vida?
Quais eram os nomes de Jesus (Emmanuel, Cristo, Nazareno, etc.) - pesquisar na Bíblia os seus significados, etc.

NÚMERO

Objetivos: Conhecimentos Pessoais.
Material: Cartões com números diferentes.
Desenvolvimento: Cada participante recebe um número que não deve ser mostrado para ninguém.
Dada a ordem, cada um vai procurar o número igual e não acha.
Comentam-se as conclusões tiradas (Somos únicos e irrepetíveis perante o outro).

Orientação Bíblica: Lucas 15:3-7 - Salmos 8.

CONSTRUÇÃO DE UMA CIDADE


Objetivos: Reflexão sobre a realidade.
Material: Fichas com nomes de profissões.
Desenvolvimento: Cada participante recebe uma ficha com o nome de uma profissão e deve encarna-la.
Por um instante analisar a importância daquela profissão. Depois da interiorização deve dizer. Vamos viajar porque aquela cidade fica distante (atitude de quem viaja no mar).
Depois dizer: o navio vai afundar só há um bote que pode salvar sete pessoas.
O grupo deverá decidir quais as profissões mais urgentes que devem ser salvas.
Analisar profundamente e iluminar com um texto bíblico.

Orientação Bíblica: Mateus 7:26-27 - Salmos 127.

"O"

O ESPELHO

Participantes: 10 a 20 pessoas
Tempo Estimado: 30 minutos
Material: Um espelho escondido dentro de uma caixa, de modo que ao abri-la o integrante veja seu próprio reflexo.
Descrição: O coordenador motiva o grupo: "Cada um pense em alguém que lhe seja de grande significado. Uma pessoa muito importante para você, a quem gostaria de dedicar a maior atenção em todos os momentos, alguém que você ama de verdade... com quem estabeleceu íntima comunhão... que merece todo seu cuidado, com quem está sintonizado permanentemente... Entre em contato com esta pessoa, com os motivos que a tornam tão amada por você, que fazem dela o grande sentido da sua vida..." Deve ser criado um ambiente que propicie momentos individuais de reflexão, inclusive com o auxílio de alguma música de meditação. Após estes momentos de reflexão, o coordenador deve continuar: "... Agora vocês vão encontrar-se aqui, frente a frente com esta pessoa que é o grande significado de sua vida".Em seguida, o coordenador orienta para que os integrantes se dirijam ao local onde está a caixa (um por vez). Todos devem olhar o conteúdo e voltar silenciosamente para seu lugar, continuando a reflexão sem se comunicar com os demais. Finalmente é aberto o debate para que todos partilhem seus sentimentos, suas reflexões e conclusões sobre esta pessoa tão especial. É importante debater sobre os objetivos da dinâmica.

Orientação Bíblica: Lucas 12:1-3 - Salmo 131.

O HELICÓPTERO


Objetivo: Apresentação e entrosamento.
Desenvolvimento: (duração 40 minutos).
Faz-se um círculo com os participantes da reunião.
O coordenador convida a todos a fazerem um passeio de barco a remo. Inicia-se o passeio. Todos devem fazer gestos com os braços, como se estivessem remando.
O coordenador anuncia a chegada à ilha. Todos podem passear por ela, à vontade (todos passeiam pela sala e cumprimentam o companheiro).
O coordenador anuncia a todos que houve um maremoto e a ilha vai se inundada. Por isso, virá um helicóptero para resgatar o grupo. Porém ele não comporta todos de uma vez. O grupo deverá organizar rapidamente seguindo as orientações.
a) O helicóptero chegou. Ele levará cinco pessoas.
b) O helicóptero voltou. Desta vez levará quatro pessoas, e estas devem ser estranhas umas das outras.
c) Nosso helicóptero deu pane no motor. Veio desta vez um menor. Só levará tr6es pessoas e devem ser de comunidades diferentes. Quem não seguir orientação poderá ser jogado no mar.
d) O helicóptero esta aí novamente. Vai levar quatro pessoas, devido o perigo de afogamento. Mas continua a exigência o grupo deve ser formado por pessoas que ainda não se conhecem.
e) O helicóptero não pode voltar mais. Acabou o combustível. Temos que sair de barco. Há uma exigência fundamental: levar uma pessoa desconhecida com quem não se conversou ainda.

f) Anuncia que todos foram salvos.
NOTA: Dá-se o tempo necessário para os grupos discutirem as questões. Elas podem ser como sugeridos abaixo ou pode-se elaborar outras de acordo com a realidade do grupo.

Sugestões para as questões
a) Grupo de cinco pessoas: seu nome. Nome do grupo e o significado do mesmo. Nome da comunidade ou atua, mora. Qual o eu ideal?
b) Grupo de quatro pessoas: seu nome. O que faz na comunidade? Estuda? O que? Onde? O que espera do curso e o que gostaria que fosse tratado?
c) Grupo de três pessoas: Como se sente aqui? Porque veio? O que é pastoral para você? E movimento? Como esta organizada a pastoral na sua paróquia?
d) Grupo de quatro pessoas: O que é céu? O que achou desta dinâmica de conhecimento e entrosamento? Porque?
e) Grupo de três pessoas: Agora converse com alguém que você não conhece e com quem não tenha conversado ainda.

Orientação Bíblica: João 13:34-35 - Salmos 133.

O OUTRO LADO


Objetivos: Ver o objetivo comum do grupo. Processo de comunhão e união. Análise da realidade.
Desenvolvimento: (não dizer o objetivo da dinâmica).
O coordenador pede a todos que se coloquem no fundo da sala ocupando toda parede. Pede silêncio absoluto, muita atenção para a ordem que vai ser dada e que sejam rigorosamente fieis a ela. Deve manter silêncio durante a dinâmica.
A ordem é a seguinte: Vocês deverão procurar como grupo, atingir o outro lado da sala, da forma mais rápida possível e mais eficiente.
Repete-se a ordem várias vezes.
O coordenador dirá que a ordem não foi cumprida, pede ao grupo que recomece. Repita a ordem várias vezes, pedindo que haja silêncio.

NOTA: É bom que haja obstáculos pelo meio da sala (cadeiras...) dificultando a passagem. Ele considerará a tarefa cumprida quando julgar que o grupo se aproximou do ideal alcançando o outro lado unido, obedecendo ao ritmo um dos outros, tendo incluindo todos na travessia.
Em seguida fazer comentários sobre tudo que observaram e sentiram:
•Como cada um se sentiu?
•Quem se sentiu esmagado e desrespeitado?
•Quem ais correu ou empurrou?
•De que forma as lideranças foram se manifestando???
•Houve desistência no meio do caminho?
•Surgiram animadores???

Orientação Bíblica: 1 Coríntios. 12:12-27 – Salmo 133.

"P"

PALAVRA ILUMINADA

Participantes: 7 a 15 pessoas
Tempo Estimado: Indefinido
Material: Uma vela e trechos selecionados da Bíblia que tratem do assunto a ser debatido.
Observação: Para grupos cujos integrantes já se conhecem, a parte relativa à apresentação pode ser eliminada da dinâmica.
Descrição: A iluminação do ambiente deve ser serena de modo a predominar a luz da vela, que simboliza Cristo iluminando os nossos gestos e palavras. Os participantes devem estar sentados em círculo de modo que todos possam ver a todos. O coordenador deve ler o trecho bíblico inicial e comentá-lo, sendo que a pessoa a sua esquerda deve segurar a vela. Após o comentário do trecho, a pessoa que estava segurando a vela passa a mesma para o vizinho da esquerda e se apresenta ao grupo. Em seguida esta pessoa realiza a leitura de outro trecho da Bíblia indicado pelo coordenador e faz seus comentários sobre o trecho. Este processo se realiza sucessivamente até que o coordenador venha a segurar a vela e se apresentar ao grupo. Então, o coordenador lê uma última passagem bíblica que resuma todo o conteúdo abordado nas passagens anteriores. Após a leitura desta passagem, os integrantes do grupo devem buscar a opinião do grupo como um todo, baseado nos depoimentos individuais, sobre o tema abordado. Quando o consenso é alcançado apaga-se à vela. Por último pode-se comentar a importância da Luz (Cristo) em todos os atos de nossas vidas.

Orientação Bíblica: Hebreus 4:12.

PALAVRA QUE TRANSFORMA

Material: uma bolinha de isopor, um giz, um vidrinho de remédio vazio, uma esponja e uma vasilha com água.
Desenvolvimento: Primeiro se explica que a água é a Orientação Bíblica e que o objeto somos nós, depois se coloca a água na vasilha, e alguém mergulha o isopor, após ver o que ocorre com o isopor, mergulhar o giz, depois a vidro de remédio e por último a esponja.

Então refletimos:
Como a Orientação Bíblica age na minha vida?
Eu estou agindo como o isopor que não absorve nada e também não afunda ou aprofunda?
Ou estou agindo como o giz que guarda a água para si sem partilhar com ninguém?
Ou ainda agimos como o vidrinho que tinha água só para passar para os outros, mas sem guardar nada para si mesmo?
Ou agimos como a esponja absorvendo bem a água e mesmo espremendo continuamos com água?

Orientação Bíblica: Isaías 40:8; Mateus 7:24; 2 Timóteo 3:16.

PASTOR E OVELHA (Vocação)

Objetivo: Em nossas vidas somos conduzidos e ajudamos a conduzir. Esta dinâmica visa ajudar a tomar consciência destas nossa vocação. Vivemos nesta tensão que é salutar: evangelizamos e somos evangelizados.   Não existe atitude neutra: ou interferimos positiva ou negativamente.
Tempo Estimado: 45 minutos.
Descrição:
Primeiro passo: Clarear os passos
1-Convidar os participantes a formar duplas, ficando um ao lado do outro.
2-A dupla define quem deles será a ovelha e quem será o pastor:
-A ovelha fecha livremente os seus olhos e é conduzida pelo pastor.
-O pastor – olhos abertos – toma a ovelha pelas mãos, ombro... e a conduz
-Enquanto isso, estar atento aos sentimentos que experimenta:
-Como ovelha: enquanto é conduzida – o que sente? (medo, confiança...).
-Como pastor: enquanto conduz- o que sente? (responsabilidade, medo...)

Segundo passo: Caminhando
3-As duplas (pastor e ovelha) vão caminhando por diversos caminhos. Deixar um tempo.

4-Depois, o assessor convida a mudar:
-quem era a ovelha se torna agora pastor;
-quem era pastor se torna agora ovelha.

5-E a dinâmica continua. Deixar um tempo.

Terceiro passo: Partilha

6-Dar um sinal de parada e as duplas voltam à sala, partilhando a experiência feita.

7-Favorecer um pequeno plenário:

•Como foi a experiência? O que sentiram como ovelha e como pastor?
•Na vida diária, quem nos conduz? Onde devemos nos deixar conduzir mais?
•O que esta dinâmica tem haver com as nossa vida, em nossa missão?
•Onde esta realidade aparece na Orientação Bíblica (Bíblia)?

“Não podemos ser amigos de todos, mas podemos tratar a todos fraternalmente. E esta fraternidade fará surgir novas amizades. Sem fraternidade não há amizades autênticas.” (Segundo Galilea).

PERFUME: ROSA e BOMBA

Objetivo: Celebração compromisso.
Material: não há material, usar a imaginação.
Desenvolvimento: o grupo deve estar em círculo.
Colocados imaginariamente sobre a mesa. Estão o perfume, a rosa e a bomba.
Um dos participantes pega inicialmente o vidro de perfume, faz o que quiser com ele e passa para o colega do lado. Faz-se o mesmo com a rosa e por último com a bomba.

Orientação Bíblica: Mateus 7: 7-12 - Salmos 101.

Receba mensagens WhatsApp

  1. O número DEVERÁ estar cadastrado no WhatsApp e ADICIONAR EU SEU APARELHO.
  2. Nome Completo(*)
    Entrada Inválida
  3. DDD + Telefone(*)
    Entrada Inválida
  4. Email(*)
    Entrada Inválida

Artigos

eBook - Livros!

   

Doe Agora

Deus se importa

Se você precisa de uma palavra abençoadora para o seu coração, então clique AQUI.

Visitantes Online

Temos 776 visitantes e Nenhum membro online

Recursos

MonteSinai